Consegui! Agora sou membro do MDRT

Só posso agradecer!!! Só quero agradecer!!! Hoje recebi uma confirmação que estava esperando há muito tempo. Agora faço parte de um grupo super exclusivo e realmente difícil de se tornar membro. Chegou o e-mail do MDRT – Million Dollar Round Table – Mesa Redonda de Um Milhão de Dólares.

É uma associação de empresários de serviços financeiros fundada em 1927 nos Estados Unidos. Com o objetivo de estabelecer as melhores práticas de negócios e desenvolver maneiras éticas de orientar e educar os clientes a respeito da importância do planejamento financeiro.

Infelizmente esse ano por conta das restrições de eventos e viagens que enfrentamos devido a pandemia, a reunião anual que acontece nos EUA será realizada on-line. Mas tenho certeza que terei a oportunidade de participar de futuros encontros presenciais e é claro poder compartilhar essas experiências e aprendizados com meus clientes.

Porque pra mim é uma conquista? Claro que além de ser um grupo exclusivo como falei e os melhores do mundo fazerem parte, o MDRT acredita no conceito do filósofo americano Mortimer Adler que considera a “pessoa inteira”. Exatamente o que eu acredito e busco orientar meus clientes. Acredito muito que para alcançar seus objetivos mais elevados, desenvolver-se mentalmente e espiritualmente precisamos ter uma base financeira estabelecida.

Alegrias devem ser compartilhadas e quero dizer muito obrigado para minha família por ter sempre me apoiado e aos meus clientes espalhados por todo o Brasil pela confiança. Juntos vamos longe!!!

Falta de planejamento custa caro para o brasileiro

Há um ano atrás a pandemia pegou o mundo todo de surpresa. Porém, o Brasil sofre piores consequências do que outros como Japão, Itália e até mesmo os Estados Unidos. Não estou falando da situação de saúde e sim do impacto financeiro. Pela falta de educação e planejamento financeiro o efeito na nossa economia é muito maior e isso poderia ser evitado.

Estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV) apontou que as famílias brasileiras perderam em um ano, R$ 5,1 BILHÕES de renda potencial devido as mortes por COVID-19 de brasileiros a partir de 20 anos. 

“Isso vai acabar lançando mais gente na pobreza”, lamentou Claudio Considera, coordenador do Núcleo de Contas Nacionais do Ibre/FGV, responsável pelo levantamento. 

Muitas das pessoas que faleceram em decorrência do coronavírus eram a principal ou muitas vezes a única fonte de renda em suas famílias. Sua ausência, além da o impacto emocional – infelizmente pouco podemos fazer a esse respeito – cria uma situação financeira extremamente vulnerável para a maioria dessas famílias.

Infelizmente essa é uma realidade na nossa cultura pela falta de educação financeira e alguns tabus que ainda existem na mente da maioria dos brasileiros. Porém a pandemia está despertando as pessoas. Está nos fazendo entender que a vida é frágil e a “síndrome do Highlander” como eu chamo está diminuindo.

O planejamento financeiro sustentável de longo é crucial. A importância do equilíbrio das contas do dia a dia, o hábito de guardar todo mês na sua conta de investimentos planejando o futuro e a importância fundamental de um seguro de vida que proteja você e sua família são os 3 pilares para garantir que esse tipo de impacto financeiro não os atinja.

Como explico para os meus clientes, não é que em países desenvolvidos e com cultura de planejamento financeiro como o Japão, que vivi em 2019, não sofram com essas situações. Elas acontecem, porém graças a essas soluções terem sido planejadas, a recuperação econômica e reequilíbrio financeiro das famílias é muito mais rápido.

A educação e conscientização é o meu propósito. O desenho de soluções e estratégias é a minha especialidade, o meu trabalho há muitos anos. Porém, a decisão é de cada um.